top of page

Rede municipal de Cachoeirinha realiza testagem dos alunos em processo de alfabetização

Processo permite avaliar o desenvolvimento de aprendizagem de cada criança, possibilitando o planejamento de medidas corretivas para alcance de resultados


A rede municipal de Cachoerinha, no Rio Grande do Sul, completou recentemente a primeira de quatro testagens para avaliar desempenho dos alunos de 1º e 2º anos em português e matemática.


A estratégia, que é realizada regularmente entre os municípios parceiros do Pacto pela Alfabetização, permite avaliar o desenvolvimento de cada aluno, cada turma e cada escola e, assim, atuar com base em indicadores de resultados.


Ao mensurar exatamente como está a evolução das crianças através de avaliações recorrentes, realizadas em média a cada três meses, é possível executar medidas para promover o aprendizado adequado em tempo hábil.


É isto que a direção e o corpo docente de escolas como a Emef Assunção começam a organizar agora. Depois de quase 10 dias de condução das avaliações, a diretora Adriana Zeferino está, junto de sua equipe, desenhando estratégias específicas para que cada criança tenha a oportunidade de aprender com qualidade.


Apesar das dificuldades causadas pelo distanciamento da escola no ano passado e neste início de ano, a diretora avalia como positivo o desenvolvimento das crianças nos últimos meses. “No início do ano, quando o Pacto ainda não estava instituído, tínhamos alunos de 2º ano que não sabiam escrever seu próprio nome. Agora, quando fizemos os testes, identificamos que eles já avançaram significativamente”, diz.


Gestão inovadora para benefício das crianças


A gestão com base em indicadores é um recurso altamente eficiente, porém ainda pouco utilizado na rede pública. Sem acompanhamento, em geral, os alunos avançam para os próximos anos sem necessariamente cumprir os requisitos esperados em cada etapa, até que começam a reprovar.


Por isso, todas as redes de educação parceiras do Pacto pela Alfabetização recebem as ferramentas e a capacitação adequada para inserir o monitoramento e a análise de indicadores como uma prática da gestão.


A equipe de gestão do Pacto em Cachoeirinha está trabalhando na consolidação dos resultados e, a partir dessas informações, apoiará as equipes diretivas das escolas para a implementação de medidas para melhoria dos resultados.


Retorno às aulas presenciais


A possibilidade de ofertar as aulas híbridas para algumas turmas, além de aulas totalmente presenciais para outras, foi fundamental no processo de alfabetização das crianças, segundo a diretora Adriana. A parceria da escola com as famílias e o comprometimento de todos os membros da rede, também.


Afinal, para que todo esse processo aconteça, é essencial que diretores, professores, assessores e coordenadores estejam alinhados no trabalho pelo mesmo propósito: promover a alfabetização e o desenvolvimento das crianças da comunidade, visando um novo (e possível) futuro.

Comments


bottom of page